Academia e Yoga para colaboradores nas empresas


5 min de leitura
25 Nov
25Nov

Benefícios flexíveis já são realidade nos dias de hoje e merecem atenção especial

Quando falamos de benefícios para os colaboradores, costumamos associar aos benefícios tradicionais como: refeição, alimentação, combustível, transporte, entre outros. Mas benefícios flexíveis já são realidade nos dias de hoje e merecem atenção especial.

Um deles é a academia, atividade física para exercitar o corpo e motivar a mente. Atualmente uma pauta frequente é a vida saudável principalmente dos colaboradores para melhorarem o condicionamento físico e não terem problemas de saúde no futuro. Para isso, as empresas buscam cada vez mais incentivar a prática de atividades físicas por meio de parcerias com academias para preços mais acessíveis ou atividades no próprio ambiente de trabalho. 

1- Equipe mais saudável

Com a prática de atividades físicas na empresa, consequentemente, há uma melhora na qualidade de vida e previnem possíveis problemas de saúde no futuro. Isso acaba refletindo diretamente nas entregas e trabalhos realizados pelos colaboradores, porque estando mais saudáveis e felizes, produzem cada vez melhor para gerar mais resultados positivos para a organização. 

2- Colaboradores mais motivados

Esse incentivo à academia oferecido para os colaboradores ajuda no engajamento e motivação das pessoas na empresa. Colaboradores que realizam atividades físicas e mentais conseguem realizar as tarefas com cada vez mais assertividade, com mais concentração. Segundo dados da Catho, esse benefício minimiza em até 40% atrasos e faltas dos colaboradores, já que se sentem mais dispostos e motivados na empresa. 

3- Maior atração e retenção de talentos

Benefícios diversificados para os colaboradores, principalmente os que estimulam a prática de exercícios físicos, geram interesse e sentimento de pertencimento com a empresa. A preocupação com a saúde da equipe é algo levado em consideração pelos talentos para ir ou se manter em uma organização. 

A yoga, atividade utilizada para exercitar o corpo e a mente. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% da população mundial é afetada pelo estresse. Ele pode estar relacionado com doenças físicas e patológicas ou até mesmo desgastes no ambiente profissional, como muita pressão e tensões de trabalho. É importante que as condições físicas e mentais dos colaboradores estejam boas para que sejam produtivos e consigam realizar suas tarefas da melhor forma. 

Atividades como yoga e meditação são ótimas para manter o equilíbrio do corpo e da mente. Separamos as principais vantagens da yoga e como ela pode ajudar os colaboradores na empresa.

1- Controle de tensões e estresse

Uma mente equilibrada consegue controlar melhor as tensões e pressões da rotina de trabalho. Infelizmente, no mundo atual, altos níveis de estresse são comuns nos colaboradores, principalmente em cargos com muitas responsabilidades. Colaboradores que realizam atividades físicas e mentais conseguem realizar as tarefas com cada vez mais assertividade. O que nos leva ao próximo item. 

2- Melhora da concentração e memória dos colaboradores

Pelo fato de a yoga trabalhar com a atenção plena nos movimentos do corpo, os colaboradores que praticam conseguem se concentrar e ter mais foco nas tarefas. Isso faz com que aumente a produtividade da equipe e os trabalhos sejam entregues com mais qualidade.

3- Diminuição de licenças médicas

Colaboradores que trabalham sua saúde mental e física com atividades como meditação e yoga, dificilmente têm oscilações repentinas de saúde. A yoga nas empresas é um bom jeito de alcançar esse equilíbrio e diminuir a necessidade dos colaboradores faltarem no trabalho com licenças médicas.

Benefícios para colaboradores na empresa

Despesa ou Investimento?

O objetivo é agregar valor à empresa, agradando os colaboradores com benefícios coerentes com suas realidades e expectativas

Oferecer benefícios aos colaboradores na empresa é uma forma de complementar o salário e, em alguns casos está previsto por lei, mas diversificar esses benefícios é um dos motivos que faz com que os talentos permaneçam nela. Boas condições de trabalho (incluindo benefícios), ambiente agradável e bom relacionamento são fatores muito importantes para motivação e boa produtividade da equipe. Muitas empresas enxergam o investimento em benefícios como despesa na empresa. Para entender essa questão, precisamos ter uma visão clara desses conceitos. 

O que são gastos?

Nas empresas, os gastos são todos os valores utilizados para adquirir bens e serviços. Ou seja, tudo que sai do caixa. Quando falamos de gastos, estamos falando de custos, despesas e investimentos. Para entender a diferença entre esses 3 tipos de gastos, temos que pensar no impacto que cada valor tem na organização.

Custos

Os custos são valores que influenciam diretamente a produção do produto final da empresa. São gastos com, por exemplo, matéria-prima, mão de obra, logística, energia elétrica, entre outros. 

Despesas

As despesas são os gastos que não estão diretamente ligados ao objetivo final do negócio. Geralmente são valores do setor administrativo da empresa como aluguel, telefones, tarifas bancárias, material de escritório etc. Esses valores são necessárias para a manutenção e atividade da empresa como um todo e devem ser bem controlados para não ter desperdícios com itens que não ajudam no aumento de vendas do negócio.

Investimentos

Investimento é todo valor que sai do caixa com a expectativa de aumento de lucros e rentabilidade. É o caso de cursos para capacitação dos colaboradores, novas máquinas e itens para aumento de produção. Com o passar do tempo, esses investimentos rendem resultados muito positivos para a empresa. Tanto na qualidade das entregas dos colaboradores e aumento de produção, tornando a empresa mais bem sucedida e competitiva no mercado, quanto em retorno direto de lucro em dinheiro (no caso de investimentos financeiros). 

Benefícios: despesa ou investimento?

Oferecer benefícios que melhoram bem-estar, qualificação e qualidade de vida dos colaboradores é um fator fortemente relacionado ao aumento de produtividade. Um estudo realizado por estudantes em Los Angeles (CA) identificou que empresas com incentivos para colaboradores melhoram o desempenho deles em 22%.Organizações que utilizam políticas de bonificação (sejam elas em dinheiro ou benefícios diversificados) tendem a ter colaboradores alinhados aos propósitos e cultura do ambiente onde trabalham. Além desses fatores, benefícios na empresa influenciam diretamente em:

  • Maior engajamento dos colaboradores com a organização;
  • Equipe mais motivada;
  • Retenção dos talentos;
  • Aumento da performance e melhores resultados do trabalho;
  • Ambiente de trabalho mais agradável e tranquilo.

O objetivo é agregar valor à empresa, agradando os colaboradores com benefícios coerentes com suas realidades e expectativas, já que não é efetivo oferecer apenas o que eles precisam (como alimentação e transporte).Por isso, diversas empresas estão oferecendo outros tipos de benefícios como sala de jogos, creche e berçário no ambiente de trabalho. 

Segundo nota do Richard Branson, presidente do grupo Virgin, nos Estados Unidos: “se você cuida de seus empregados, eles cuidarão de seu negócio. Essa é a filosofia que tem nos servido bem por mais de quatro décadas e é a base de tudo o que fazemos na Virgin.”