Startups brasileiras receberam US$ 2,49 bilhões nos dez primeiros meses de 2020


1 min de leitura
06 Nov
06Nov

O volume de investimentos alcançado já supera em 3% o acumulado no mesmo período do ano passado, quando U$$ 2,41 bilhões foram aportados, montante distribuído num total de 338 rodadas, segundo o Inside Venture Capital Brasil, levantamento mensal realizado pelo Distrito Dataminer, braço de inteligência de mercado do Distrito.   

Somente em outubro deste ano, o mercado de Venture Capital nacional movimentou US$ 221 milhões, sustentando 49 aportes em jovens empresas de base tecnológica, dos mais diversos setores.

O montante é 258% superior ao investido no mesmo mês de 2019 (US$ 61,6 milhões) e 52% maior do que o realizado no período de 2017 (US$ 144,8 milhões), até então o melhor outubro da história para o setor.

Os grandes destaques do último mês foram a rodada de US$ 100 milhões recebida pela Take, companhia focada em serviços para internet (esta foi a maior rodada Series A já realizada no Brasil) e para a Sami, startup que está ingressando no mercado de planos de saúde e recebeu um aporte de mais de US$ 15 milhões (maior investimento recebido por uma healthtech em 2020).

Ao todo, 118 fusões e aquisições de startups foram realizadas ao longo dos últimos dez meses, crescendo a marca de 2020 como o maior ano em número de movimentações deste tipo no mercado brasileiro. Em outubro ocorreram 18 delas. O volume acumulado no ano já é 87% superior a todo o ano de 2019, quando foram realizadas 63 aquisições. 

Até agora, os setores de adtechs e fintechs foram os que mais atraíram interesse de grandes corporações em 2020. Os segmentos tiveram 16 startups adquiridas neste período.

O importante é ressaltar que essas startups estão migrando de coworking para escritórios próprios e ocorrem uma grande demanda na contratação de arquitetos e escritórios de arquitetura para adaptação de novos lay out.

FONTE: DISTRITO DATAMINER

Contribua com a Office Connection e encaminhe seus projetos e artigos com fotos para nossa redação